ARTIGO: Atitudes necessárias à superação da crise

Ao enfrentar os desafios apresentados pela atual crise política e econômica de nosso país faz-se necessário entender que esta tem suas raízes fincadas na profunda crise de credibilidade moral que assola nossas instituições democráticas durante a última década. 

Devemos, sim, dar respostas aos anseios sociais relativos à degradação moral que transparece e ganha força a cada novo escândalo que vem à tona. Entretanto, precisamos agir com maturidade, tendo em mente que a garantia do atendimento das necessidades básicas de nossa população, sobretudo de sua parcela mais carente, está vinculada diretamente a estabilidade econômica, que garante o fomento à produção de riquezas e à geração de novos empregos.

Precisamos recuperar a confiança do mercado, atrair recursos para obras de infraestrutura, custeio de políticas públicas, investimentos em saúde, em educação, em saneamento básico.

É imperativo acabar com a obrigatoriedade de despesas sem a obtenção da receita necessária, agravando o endividamento público, principalmente em tempos de queda na arrecadação.

A bomba relógio da Previdência precisa ser desarmada, e a reforma trabalhista efetivada.

Urge realizarmos o aprimoramento de nossa jovem democracia com a transparência necessária à recuperação de sua credibilidade e integridade, não esquecendo que a democracia vive de pessoas, e estas dependem da atuação responsável de seus representantes.

Por Dário Berger – Senador da República pelo PMDB/SC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *
Você pode utilizar as seguintes tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>