Senado aprova comenda esportiva em homenagem à Chapecoense

Os exemplos de solidariedade e espírito esportivo vistos após o acidente com o avião da equipe Chapecoense, em novembro de 2016, são a inspiração para uma comenda a ser concedida pelo Senado. O Plenário aprovou nesta quinta-feira (7) o projeto de resolução (PRS 1/2017) do senador Roberto Muniz (PP-BA) que cria a Comenda do Mérito Futebolístico Associação Chapecoense de Futebol. O texto vai à promulgação.

A premiação foi pensada para homenagear empresas, atletas, dirigentes e outros profissionais que tenham se destacado em competições esportivas ou na promoção do futebol. Ela foi proposta pouco depois do acidente aéreo com a Associação Chapecoense de Futebol, que iria disputar a final da Copa Sul-Americana com o Club Atlético Nacional, de Medellín (Colômbia).

“De todos os sentimentos que floresceram, que se uniram na grande tragédia que houve com a equipe da chapecoense, o principal foi a solidariedade. Vimos, em todos os locais do mundo, clubes e países se abraçarem em torno do futebol”, lembrou Muniz na justificação da proposta.

O mérito da iniciativa convenceu o relator, senador Dário Berger (PMDB-SC), a recomendar a sua aprovação.

Leia Mais

Homenagens as vítimas e familiares da tragédia da Chapecoense e desafios que o país tem que enfrentar

O SR. DÁRIO BERGER (PMDB – SC. Pronuncia o seguinte discurso. Sem revisão do orador.) – Muito obrigado, Sr. Presidente, Srªs e Srs. Senadores.
Na verdade, eu quero fazer dois registros que reputo da maior importância. Entretanto, eu já os deveria ter feito ou na terça-feira ou na quarta-feira passada, ontem, portanto. No entanto, os afazeres foram intensos, e eu não tive a oportunidade de ocupar aqui a tribuna do Senado Federal, para que assim o fizesse.
Eu quero recorrer ao ilustre Marcos Bedin num artigo que publicou a respeito da Chapecoense intitulado: “Chapecoense, um ano de dor”. Por dever de ofício, eu peço licença ao ilustre jornalista para sintetizar aqui, neste momento, nos Anais do Senado Federal, a importância desse desastre que aconteceu há aproximadamente um ano.

Leia Mais

Comissão de Educação aprova comenda para homenagear destaques do futebol

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado (CE) aprovou, nesta terça-feira (21), projeto de resolução, relatado pelo senador Dário Berger (PMDB/SC) e de autoria do senador Roberto Muniz (PP/BA), que cria a Comenda do Mérito Futebolístico Associação Chapecoense de Futebol.

PRS 1/2017 visa homenagear cidadãos e atletas. Para Roberto Muniz, “esse é um gesto que não repara a dor das famílias. Mas que torna, de novo, o futebol engrandecido pela passagem deles nos campos de futebol de todos os atletas, de todos que estavam naquela noite”.

A proposta segue para o exame do Plenário do Senado.

Dário viaja a Chapecó para prestar a sua solidariedade

O senador Dário Berger (PMDB/SC) esteve na sexta-feira (02/12/16) em Chapecó, na Arena Índio Condá. Dário, acompanhado do vice-governador Eduardo Pinho Moreira, do deputado Valdir Colatto e do presidente do Badesc e ex-prefeito de Chapecó, José Cláudio Caramori, prestou a sua solidariedade como cidadão catarinense pela tragédia que comoveu o Brasil e o mundo, depois da queda do avião da LaMia que conduzia a delegação da Chapecoense a Medelín para o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana. O acidente vitimou 71 pessoas, incluindo 19 jogadores, dirigentes do clube e jornalistas. Leia Mais

Pesar pelo acidente ocorrido com o avião que transportava a delegação da Associação Chapecoense de Futebol, de Santa Catarina, na cidade de Medellín, na Colômbia, e que deixou 71 mortos.

O SR. DÁRIO BERGER (PMDB – SC. Pronuncia o seguinte discurso. Sem revisão do orador.) – Sr. Presidente, Srªs e Srs. Senadores, preliminarmente, quero agradecer ao Senador Ataídes por essa deferência e, sobretudo, ao Presidente, que me ofertou a palavra nessa permuta.

De fato, Santa Catarina, infelizmente, neste dia, é destaque de uma tragédia que se abateu de uma forma impressionante. Leia Mais

Nota de Pesar

Palavras não são suficientes para expressar tamanha dor e comoção que toma toda a nossa nação e principalmente nós catarinenses, pela queda do avião que levava a delegação do time da Chapecoense para Colômbia, e pelas vidas perdidas em decorrência do acidente. A equipe iria defender o futebol brasileiro e catarinense na final da Copa Sul-Americana. Leia Mais