Dário Berger comemora crescimento do PIB

O senador Dário Berger (PMDB-SC) comemorou nesta quarta-feira (7) os resultados do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro do primeiro trimestre de 2017, divulgados recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Houve crescimento de 1% na comparação com o quarto trimestre de 2016. A Indústria cresceu 0,9% e os Serviços apresentaram estabilidade, enquanto no setor agropecuário a expansão foi de 13,4%.

Leia Mais

Dário Berger pede ações preventivas contra cheias e auxílio aos desabrigados em SC

O senador também cobrou a aprovação do projeto de lei de sua autoria que prevê a realização de loterias especiais com renda destinada a municípios em estado de calamidade pública, e informou que ministro da Integração Nacional visitará o estado

O senador Dário Berger (PMDB-SC) usou a tribuna do Senado nesta terça-feira (06/06/2017), para lamentar a recorrência das enchentes em Santa Catarina, situação que leva os catarinenses à incerteza. Ele sublinhou que o mês de maio foi o mais chuvoso dos últimos 25 anos no estado, e as chuvas chegaram a um estado crítico nas últimas semanas.

Dário Berger cobrou ações rápidas do governo e de entidades privadas para amenizar o drama dos desabrigados, e criticou a burocracia que dificulta o socorro às vítimas. Ele também pediu apoio ao projeto de lei (PL 56/2016) de sua autoria que tramita no Senado e prevê a realização de loterias especiais com renda destinada a municípios em estado de calamidade pública.

Leia Mais

Senador Dário vota pela derrubada do veto à reforma do Imposto Sobre Serviços (ISS)

A derrubada do veto permitirá uma redistribuição anual de cerca de R$ 6 bilhões por ano para os municípios brasileiros. Santa Catarina terá um ganho de aproximadamente R$ 230 milhões.

 Em sessão na noite desta terça-feira (30/05/2017), o Congresso Nacional derrubou o veto parcial à Lei 157/2016-Complementar, que reformulou o chamado Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) e estabelece uma nova redistribuição do valor arrecadado com o tributo entre os Municípios. Com a derrubada do Veto 52/2016, a cobrança do ISS será feita no município do domicílio dos clientes de cartões de crédito e débito, leasing e de planos de saúde e não mais no município do estabelecimento que presta esses serviços.

O veto presidencial foi rejeitado com 49 votos a 1 no Senado e 371 votos a 6 na Câmara Leia Mais

Dário cobra esclarecimentos de clubes de futebol e massas falidas devedores da previdência

A Comissão Parlamentar de inquérito (CPI) que investiga as contas da Previdência Social no Senado aprovou dois requerimentos apresentados pelo senador Dario Berger (PMDB-SC).  Ele pede que sejam convidados a prestar esclarecimentos ao colegiado os representantes dos cinco clubes de futebol que mais devem à Previdência, além de representantes das cinco maiores massas falidas na mesma situação. O senador baseia seus pedidos em relatórios recentes da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

Leia Mais

Senado aprova autorização de crédito externo de R$ 70 milhões entre Joinville e o BID

O Senado aprovou nesta quarta-feira (17/05) autorização de contratação de crédito externo entre o município de Joinville, em Santa Catarina, e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no valor de US$ 70 milhões. O recurso destina-se ao financiamento parcial do projeto Viva Cidade 2, de revitalização ambiental e urbana da cidade catarinense. A autorização vai à promulgação.

Projeto de Resolução do Senado 16/2017 foi relatado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) pelo senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA). De acordo com informações da Secretaria do Tesouro Nacional, o município de Joinville recebeu classificação B+ quanto à sua capacidade de pagamento – ou seja está apto para firmar a autorização de crédito internacional.

O senador Dário Berger (PMDB-SC) pediu prioridade para a aprovação e destacou o fato de que a cidade tem capacidade de endividamento e a autorização do crédito não seria uma operação de risco – em meio à discussão de renegociação de dívidas públicas de estados e municípios pelo país. Leia Mais

Dário Berger homenageia Luiz Henrique, lembrando seu legado para SC

O senador Dário Berger (PMDB-SC) fez emocionado pronunciamento na tribuna do Senado nesta quarta-feira (10), lembrando os dois anos da morte do senador Luiz Henrique da Silveira e destacando o legado que o político catarinense deixou.

Dário ressaltou que LHS foi um administrador público corajoso e inovador.

“Ativo, sempre um vencedor, exerceu 12 mandatos consecutivos, sempre chancelado pelo voto popular e democrático. Promoveu a cultura, tendo sido o responsável pela implantação em Santa Catarina da única escola do Teatro Bolshoi fora da Rússia. Como governador, realizou uma revolução levando o seu governo para o interior do estado. Imprimiu marcas inconfundíveis como a política de descentralização, o programa de interligação asfáltica e a construção de dezenas de centros e eventos”, disse.

Leia Mais

Dário Berger demonstra preocupação com segurança pública

O senador Dário Berger (PMDB-SC) se disse preocupado com a violência no país. Para o senador, é preciso atenção especialmente para a situação dos grandes centros urbanos. Segundo Berger, desde 2012, quatro ondas de violência com protestos e atentados ocorreram em Santa Catarina e as batalhas entre facções criminosas têm provocado insegurança, indignação e revolta na população.

Essa é mais uma versão do Brasil de hoje. A grande verdade é que os governos federal e estaduais não possuem uma estratégia preventiva capaz de se antecipar aos fatos, de se antecipar aos problemas e alterar essa triste realidade que estamos enfrentando em Santa Catarina.

Leia Mais

Senador Dário é o único catarinense a integrar a CPI da Previdência no Senado

Recentemente foi instalada no Senado Federal a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará as contas da Previdência Social. O senador Paulo Paim (PT-RS) foi eleito por aclamação, presidente da CPI. O senador Telmário Mota (PDT-RR) foi escolhido vice-presidente e o senador Hélio José (PMDB-DF) será o relator. O senador Dário Berger (PMDB-SC) é o único catarinense a integrar o colegiado da Comissão.

Dario explicou que será uma oportunidade única de elaborar um diagnóstico amplo e completo do que é verdade ou não sobre a previdência.

“A Comissão precisa responder se existe ou não déficit na previdência, quais são os setores deficitários e superavitários, qual é a diferença entre previdência e seguridade social, qual a posição de órgãos de controle sobre o assunto e qual a melhor forma do governo zerar esse déficit”, disse o senador.

Leia Mais

Dário critica a burocracia do governo e defende setor pesqueiro de SC

O senador subiu o tom na tribuna do Senado e lamentou a demora para liberação da pesca, além de pedir respeito com os pescadores

O senador Dário Berger (PMDB-SC) fez um apelo, nesta quinta-feira (27), em Plenário, para que o governo libere a portaria que autoriza os pescadores artesanais a exercerem a pesca da tainha, que começa em 1º de maio. O senador reclamou ainda da burocracia, do descaso com o setor, e da mudança da Secretaria da Pesca que deixou de estar ligada ao Ministério da Agricultura, e depois de um decreto passou a integrar o Ministério da Indústria e Comércio.

Dário informou que os pescadores de Santa Catarina fizeram uma manifestação, nesta quinta, fechando a BR-101 no litoral catarinense e queimando pneus, como forma de protesto. A manifestação também ocorreu devido à edição da Portaria 445, que incluiu vários peixes de valor comercial na lista das espécies ameaçadas de extinção.

Leia Mais

Dário teme prejuízos de agricultores com o retorno do Funrural

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de considerar que o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural) está de acordo com a Constituição, deve impor uma dívida bilionária a produtores rurais, segundo o senador Dário Berger (PMDB-SC). Em pronunciamento nesta quinta-feira (20), o senador lembrou que parte considerável dos médios e pequenos agricultores deixaram de recolher o tributo, que chegou a ser declarado inconstitucional.

Em março, o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou constitucional o agricultor recolher o Funrural com base na receita bruta adquirida com o comércio da sua produção. A preocupação maior é a de que o governo passe a cobrar de forma imediata o passivo do fundo.

Leia Mais